FACFubáSuperfaturado

MP investiga rombo na FAC de R$ 5 milhões na compra de fubá

O afunilamento da campanha traz consigo o acirramento entre os candidatos Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho. E novas denúncias surgem. A última delas, já protocolada junto ao Ministério Público do Estado, envolve a acusação de que o Governo do Estado vem superfaturando até mesmo a compra fubá, pela Fundação de Ação Comunitária, a velha FAC de guerra. Conforme a denúncia, o rombo com esse suposto superfaturamento é superior R$ 5 milhões apenas com a compra do fubá

Cícero se incorpora a campanha de Cássio

Cícero deixa neutralidade e anuncia apoio a Cássio

O senador Cícero Lucena, que assumiu neutralidade na disputa de primeiro turno, surpreendeu a militância do PSDB, e anunciou seu apoio à candidatura do senador Cássio Cunha Lima, durante comício em Campina Grande, na tarde desta sexta (dia 17). Cícero assumiu a posição, na presença do senador Aécio Neves.

Cássio e Ricardo03

Ibope se confronta com Ipespe e traz Ricardo com 53% e Cássio, 47%

Demorou mas a verdade é que os institutos de pesquisa começaram a se confrontar nas eleições da Paraíba. Levantamento realizado pelo Ibope, e divulgado pelas TVs Cabo Branco e Paraíba, revela que o governador Ricardo Coutinho (PSB) lidera a disputa de segundo turno, com 53% dos votos válidos, contra 47% atribuídos ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Pesquisa recente do Instituto Ipespe mostra números inteiramente ao contrário: Cássio com 53% e Ricardo, 47%.

Harrison-Targino1

PSDB aciona RC no Ministério Público por usar presos em campanha

A coligação liderada pelo candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) decidiu acionar o Ministério Público Federal contra o candidato Ricardo Coutinho (PSB), por utilizar presos do regime semiaberto em atividades de sua campanha. O guia do tucano trouxe o flagrante de presidiários distribuindo panfletos e adesivos de Ricardo Coutinho no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

PresosFazendoCampanha

Governo nega uso de funcionários do Detran em campanha de RC

O Governo do Estado emitiu nota, através da Secretaria de Comunicação, negando que esteja utilizando funcionários do Detran na campanha do governador Ricardo Coutinho. Na nota, o Governo diz que o Detran não está “forçando qualquer servidor, independentemente da sua situação funcional, a trabalhar para campanha do governador Ricardo Coutinho”. Mas, em sua nota, o Governo não nega a utilização de presos na campanha…

PresosFazendoCampanha03

Escândalo do uso de presos em campanha é manchete na Veja

Seria só questão de tempo. Estava escrito nas estrelas que essa denúncia da utilização de presos na campanha do candidato Ricardo Coutinho iria se tornar manchete nacional. E começou pela Revista Veja, que trouxe em seu portal: “PSDB acusa governo da Paraíba de usar presos como cabos eleitorais”. Pronto, a Paraíba voltou ao noticiário nacional. E pelo lado mais negativo. Confira o texto da reportagem na íntegra…

RicardoCoutinho4

RC afirma ter o comando da campanha de Dilma e desconhece ação de Cartaxo

O governador Ricardo Coutinho pode ter jogado gasolina, para tentar apagar as labaredas da crise com o PT, que sobreveio após a criação dos comitês Ricardo-Aécio. Durante entrevista à CBN, na manhã desta sexta-feira (dia 17), Ricardo afirmou ser ele quem vem fazendo a campanha da presidente Dilma neste segundo turno, na Paraíba.

PresosFazendoCampanha03

Presos são usados para fazer campanha de rua de Ricardo Coutinho

Essas eleições têm sido marcadas por algumas denúncias graves, como o pedido de investigação protocolado pelo Fórum dos Servidores junto ao Ministério Público do Estado, sobre pretenso esquema de pagamento de propinas a quatro auxiliares do governador Ricardo Coutinho. Mas, sem dúvida, essa denúncia sobre uso de presos na campanha eleitoral supera tudo que se poderia imaginar. Um vídeo vazou para a Imprensa, mostrando presidiários do regime semiaberto fazendo panfletagem para o governador Ricardo Coutinho.

Mensalão-forum-no-mp

Vence nesta sexta prazo do Ministério Público para explicar caso da propina

Encerra nesta sexta-feira (dia 17) prazo que o Ministério Público do Estado tem para informar se recebeu ou não do Governo Ricardo Coutinho o inquérito policial, relativo ao episódio ocorrido em junho de 2011. Durante uma blitz, policiais apreenderam R$ 81 mil supostamente destinados ao pagamento de propina a quatro auxiliares do governador.

Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo

Ricardo estaria no 2º turno sem o apoio de Cartaxo e do PT?

Vamos combinar: se não fosse o apoio do prefeito Luciano Cartaxo, o governador Ricardo Coutinho poderia inclusive ter perdido a eleição já no primeiro turno. Quando assumiu a aliança com Ricardo, Luciano levou junto a grife PT, tempo de guia, e sua militância em João Pessoa, onde RC apresentava índices elevados de rejeição e certamente não teria o desempenho que teve sem essa parceria.